O que é CRI/CRA?

O que é CRI/CRA?

Os Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Certificado do Agronegócio (CRA). Embora sejam diferentes títulos de renda fixa, eles têm muitas coisas em comum.

Principalmente no que diz respeito aos seus benefícios e formas de investir neles. 

A diferença geral entre o CRI e o CRA é onde eles são aplicados, enquanto um é utilizado para fundos imobiliários e o outro é aplicado no agronegócio. 

De modo geral, o CRI e CRA são dois tipos diferentes, embora bem semelhantes, de títulos de renda fixa securitizados para investimento. 

A securitização é o mesmo que converter contas a receber (por exemplo, parcelas de vendas a termo ou amortizações de empréstimos) em títulos que podem ser adquiridos por investidores e negociados no mercado.

A principal diferença entre CRI e CRA é a origem dos recebíveis securitizados. No que se refere ao CRI, lastro é o crédito relacionado ao setor imobiliário, como financiamento residencial, comercial ou de construção fora dos contratos de arrendamento de longo prazo. 

Por outro lado, o CRA é amparado por empréstimos relacionados com a produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos de origem agrícola,  insumos ou máquinas.

Diferentemente da maioria dos produtos de renda fixa, CRI e CRA são investimentos não protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Em outras palavras, eles correm mais riscos. Os investidores dependem da capacidade de pagamento da financiadora, como uma construtora ou uma fazenda. E caso não haja seus investimentos podem ser perdidos. 

Mas ainda assim, o CRI e CRA tem uma alta porcentagem de retorno seguro, então é uma boa opção para quem está querendo diversificar seus investimentos. 

 

siteguardardinheiro

Deixe uma resposta