O que é LC?

Antes de começar, vamos esclarecer algo que muitas vezes causa confusão. Uma letra de câmbio (LC) é um investimento de renda fixa que não tem nada a ver com nenhuma moeda estrangeira. 

Apesar de ter o câmbio no nome, não tem essa relação, logo a variação de moedas estrangeiras, como o dólar. 

Assim como outros ativos de renda fixa que compõem uma carteira diversificada, as letras de câmbio são títulos emitidos por instituições financeiras (não bancos) emissores de CDBs.

Uma Letra de Câmbio é um título de renda fixa muito semelhante ao CDB. A principal diferença entre o CDB e a  Letra de Câmbio é que a primeira é emitida por um banco, seguida por uma instituição financeira, que não é um banco tradicional.

Como acontece com qualquer investimento de renda fixa, a ideia é a mesma: você empresta dinheiro a um banco ou instituição financeira, e em troca receberá o valor emprestado e outras remunerações na data definida como período de resgate. 

Existem 3 características e funções que são importantes de saber:

  • Sacador: aquele que emite a ordem de pagamento;
  • Sacado: a quem a ordem é emitida;
  • Tomador: o beneficiário desta ordem.

A validade da Letra de Câmbio depende da “aceitação” da ordem de pagamento. O sacador pode criar um pedido para si mesma, ela também é uma sacada.

Por exemplo, quando o sacador adquire bens ou serviços do devedor, ele pode enviar o saque a uma instituição financeira, que passa a ser pagadora após o aceite. A agência envia o dinheiro para o beneficiário e se torna um credor.

O documento de LC para ser válido precisa atender alguns pontos como:

  • “Letra de Câmbio”, devem estar presentes  no corpo do texto, não apenas no alto do título
  • O valor que será pago precisa estar certinho.
  • Nome do sacado
  • Nome do tomador
  • Data e local onde a letra é sacada
  • Assinatura do sacador

Basicamente, as Letras de Câmbio são adequadas para qualquer investidor de renda fixa que deseja diversificar seu portfólio de forma conservadora e lucrativa.

O importante é avaliar o prazo e a taxa de juros oferecida, o investidor avalia as opções acima e escolhe a mais rentável com base na meta, prazo e valor que pretende aplicar.

Esse tipo de investimento não se limita a investidores conservadores. Mesmo as pessoas mais corajosas tendem a proteger alguns fundos em investimentos de renda fixa como as Letras de Câmbio. 

 

Deixe uma resposta